Resenha: O Duque e Eu - Julia Quinn

Título Original: The Duke and I
Livro no Skoob   320 páginas • Os Bridgertons # 01
Classificação: 4,8 Editora: Arqueiro 
Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta. Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Em O Duque e Eu, o primeiro livro da série Os Bridgertons iremos conhecer Daphne Bridgerton e sua enorme família. 
Daphne possui sete irmãos (Anthony, Benedict, Colin, Eloise, Francesca, Gregory e Hyacinth), sendo que ela é a quarta filha, mas também a mais velha das mulheres. O sonho de Daphne e casar e ter filhos e sua mãe a Viscondessa viúva Violet, tem se empenhado bastante, para que a filha consiga um ótimo matrimônio. Mas após participar de duas temporadas de bailes em Londres, Daphne continua sem nenhum pretende, já que os cavalheiros mais interessantes acabam considerando-a apenas como amiga, enquanto os outros são velhos e enfadonhos. Durante um episódio digamos constrangedor, Daphne conhece Simon Basset, o novo Duque de Hastings, que é amigo de seu irmão Anthony.

Simon que viveu por seis anos no exterior, retornou ao país após a morte do pai, sem imaginar que por ser um excelente partindo seria praticamente caçado, pelas jovens casadouras e suas mães. A partir do encontro com Daphne, por quem ele fica imediatamente atraído, Simon tem uma ideia. Ele propõe a jovem, que finjam estarem comprometidos, já que assim ele ficaria livre das várias pretendes, enquanto ela despertaria o interesse de outros homens por estar sendo cortejada por um duque.

–Senhorita Bridgerton, sabia que é uma criatura muito impertinente?

A armação de Daphne e Simon tem inicio, mas Anthony não fica nada feliz com isso, pois além de conhecer a fama do amigo, ainda sabe da promessa do mesmo de nunca se casar. Só que o relacionamento de faz de conta acaba virando realidade, e tudo indica que eles acabaram no altar.

Desde que li História de Um Grande Amor, da autora que tenho curiosidade de conhecer outras de suas obras, então fiquei feliz quando soube que a Arqueiro iria lançar a série  Os Bridgertons, mas por conta de outros livros acabei adiando a leitura de O Duque e Eu, até o presente momento. A maneira como a autora introduz doses de humor a trama tornando-a leve e descontraída, com certeza e um dos pontos positivos do livro, sem falar do mistério em torno da identidade de Lady Whistledown, que deixa você completamente curioso a cada publicação de sua coluna.

Os Bridgertons, são divertidos, barulhentos, mas acima de tudo unidos, foi interessante acompanhar as manobras da matriaca para conseguir um bom partido para filha, além dos modos super protetores de Anthony, Benedict e Colin para tentar impedir que a irmã deles sofresse.

Daphne e Simon foram feitos um para o outro e juntos eles protagonizam cenas engraçadas, românticas e sensuais, mas enquanto ela é espirituosa e simpática, ele apesar de charmoso acaba sendo muito irritante por conta de algumas atitudes. 

Eles tiveram infâncias diferentes, enquanto Daphne cresceu com pais amorosos e irmãos, Simon perdeu a mãe ao nascer e ganhou o desprezo do pai por não ser a criança perfeita que ele desejava. Por causa disso eu até entendo o rancor que ele guarda do pai, mas daí deixar que ele governasse sua vida, sinceramente o achei fraco e  irritante. Então resumindo, individualmente Daphne conseguiu me agradar muito mais que Simon.

Enfim O Duque e Eu possui uma trama agradável que eu acredito irá agradar os amantes de Romances Históricos.

-Homens - grunhiu ela. - Todos uns idiotas. -Se virou para seus irmãos, que a olhavam com idênticas expressões de surpresa-. O que estão olhando? -disse.
Colin começou a aplaudir. Anthony lhe deu uma cotovelada no flanco.

Série Os Bridgertons
O Duque e Eu #01
O Visconde Que Me Amava #02
Um Perfeito Cavalheiro #03
Os Segredos de Colin Bridgerton #04
To Sir Phillip, With Love #05
When He Was Wicked #06
It's In His Kiss #07
On The Way To The Wedding #08

8 comentários :

  1. Oi marla,
    Tudo bom? Vim retribuir sua visita ao meu blog antes tarde do que nunca...rsrs. Adorei seu blog já estou te seguindo e linkando lá no meu sempre que puder vou dar uma passadinha por aqui e te convido a fazer o mesmo lá com o meu. Então já li os 3 livros dessa série e sou apaixonada por a escrita dessa autora, acho divertida e romanticas as histórias, sendo o meu favorito até o momento o terceiro livro. O Simon não me irritou tanto assim quanto a você mas a Daphne com certeza é uma personagem especial. Adorei esse livro e super indico também.
    Bjs
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/2014/09/lancamento-do-meu-livro-vinganca-mortal.html

    ResponderExcluir
  2. Oi marla

    Contrariando a opinião de todos, inclusive a sua, eu não curti muito esse livro. Tudo isso por causa da armação de Daphne para conseguir fisgar o coração de Simon, peguei birra com isso. Quase desisti da série por causa desse livro, mas resolvi dar uma nova chance espero não me decepcionar.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  3. Olá, Marla.
    Confesso que não me sentia muito atraído por o gênero romances históricos. Mas isso mudou totalmente quando li Querida Sue, pretendo ler essa série da qual você resenhou o livro. Até mais. http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu li esse livro e adorei, ainda não consegui ler os outros, mas espero ler em breve.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Marla.
    O Duque e Eu foi meu primeiro contato com a autora, e ela me fisgou de cara.
    Amei essa história, todos os Bridgertons e a super mãe Violet, essa história teve momentos muito divertido, e hoje estou no 4º livro da série, e dizem por aí, que é nesse livro que descobrimos quem é Lady Whistledown.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  6. Oi Marla!
    Eu adoro essa série, ela fica melhor a cada volume, acho as Crônicas da Lady Whistledown hilárias, e todos os Bridgertons apaixonantes =)
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  7. Amo a autora e adoro os romances dela. Todos tão cheios de vida e história. A Julia Quin tem o dom de me deixar doida pelo Google, pesquisando fotos da Londres antiga e tal...rsrs
    Adorei esse livro, amei sua resenha Marla. Parabéns!
    Beijocas
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  8. Eu também acabei deixando essa série para depois, li os outros na frente e a pouco tempo comecei. Ri muito com ele e achei o casal dois fofos. A escrita da Julia é ótima, to empolgada pelos outros.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e pelo comentário:)