Resenha: Pulsação – Gail McHugh

Título Original: Pulse
352 páginas • Série Tensão # 02
Classificação: 5/5 Editora: Arqueiro + 18
Sinopse: Emily Cooper sempre pensou que iria se casar e viver ao lado de Dillon Parker. Porém, após conhecer Gavin Blake, toda essa certeza foi por água abaixo. Arrebatada pelo sexy empresário, ela se entregou a uma paixão avassaladora, mas que logo foi abalada por uma dolorosa revelação. Mesmo com o fim do tórrido relacionamento, Emily percebe que está disposta a arriscar tudo para ficar com o homem que domina seus pensamentos e sonhos desde o dia em que se conheceram. Agora ela só pode se apegar à esperança de que Gavin ainda a deseje, apesar de todos os seus erros e defeitos.  Com o coração partido, Gavin se isola da sociedade e se fecha em um mundo autodestrutivo. Emily não está acostumada a ser forte, mas terá que encontrar dentro de si a coragem e a confiança necessárias para lutar por seu amor e trazer Gavin de volta. Neste desfecho da série, os leitores ficarão ainda mais apaixonados por Emily e Gavin, envolvidos em uma jornada de perder o fôlego e acelerar a pulsação.


Se você não leu Tensão essa resenha pode conter spoilers.

Pulsação livro de Gail McHugh e lançado pela editora Arqueiro é o desfecho da série Tensão que é protagonizada por Emily Cooper.

Emily se mudou para Nova York com o objetivo de recomeçar e ao lado de seu namorado Dillon pensou que teria um futuro feliz, até conhecer o charmoso Gavin Blake, que lhe ensina o verdadeiro sentido da palavra amor, mas um mal entendido termina por separá-los.

Magoado Gavin se afasta da família e dos amigos e se isola no México, Emily então se dar conta do erro que cometeu e decide ir atrás do homem que ama. O reencontro do casal não sai bem como ela imaginava, mas o sentimento que pulsa entre os dois fala mais alto, fazendo com Gavin decida dar uma nova chance aos dois.

Dessa vez, para melhor...
Dessa vez, não mais com medo...
Dessa vez, lutando pelo homem que o destino escolhera para ela...


Por um tempo a relação entre eles vai ás mil maravilhas, porém o destino decide pregar uma nova peça no casal, colocando um novo obstáculo no caminho da felicidade deles, fazendo com que Gavin e Emily precisem estar mais unidos do que nunca, para superá-lo.
                          
Em Tensão podemos acompanhar uma Emily, fraca e submissa que se agarrava a Dillon como um salva-vidas, já em Pulsação temos um grande amadurecimento da personagem que decide enfrentar seus medos ao enxergar o relacionamento abusivo que tinha com Dillon, além de encontrar a coragem dentro de si para lutar por Gavin.

Apesar de alguns momentos de enrolação, já que achei que algumas páginas poderiam ter sido eliminadas do livro, a autora consegue conduzir uma trama satisfatória, atando todas as pontas soltas e trazendo um feliz desfecho para a história de Emily e Gavin.

Agora, não havia nada que ela não faria para se certificar de que seus caminhos nunca mais voltassem a se separar.

Como disse acima, Emily conseguiu ser a protagonista que eu esperava em Tensão, apesar dos seus medos, ela conseguiu ser forte e decidida nos momentos pedidos durante a trama. Gavin mais uma vez provou porque ganhou minha torcida, sendo ao mesmo tempo o amante divertido e apaixonado, e o parceiro de todas as horas para Emily.

Tanto os amigos (Olivia, Trevor e Fallon), quanto á família de Gavin, assim como Lisa a irmã de Emily e seu marido, marcaram presença na trama tornando-a ainda mais interessante além de dar aquele apoio ao casal nos momentos difíceis e festejando nos momentos de alegria.

Pulsação me surpreendeu e superou minhas expectativas, tendo inicio do ponto em que Tensão e finalizado, vemos Emily tomando as rédeas de sua vida, enfrentando seus medos e lutando por aquilo que deseja, com alguns obstáculos pela frente, mais com o intuito de conseguir seu final feliz.

Mal sabia ela, então, que, com um momento roubado, um moletom, muitas tampinhas e algumas camadas descascadas depois, sua vida nunca mais seria a mesma. E ela agradecia a Deus por cada minuto.


Com uma trama envolvente, instigante e fluída, alguns momentos tensos, mas muitos outros de paixão, um amor verdadeiro, um presente especial, além de um divertido epílogo, Pulsação encerra deixado um gostinho de quero mais, mas de forma satisfatória a história de Emily e Gavin. Recomendo!!!


*LIVRO CEDIDO PELA EDITORA ARQUEIRO PARA RESENHA*


1 comentários :

  1. esse livro eu não dava nada por ele, mas a arqueiro é uma caixinha de surpresas, eu até me animei tanto que solicitei!
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e pelo comentário:)