Resenha: Ligeiramente Escandalosos – Mary Balogh

Autor (a): Mary Balogh
Título Original: Slightly Scandalous
288 páginas • Os Bedwyns #03
Classificação: 4/5 Editora: Arqueiro
Sinopse: Freyja Bedwyn é uma mulher diferente das outras damas da alta sociedade: impetuosa e decidida, ela preza a independência e a liberdade acima de qualquer coisa – até mesmo do amor. Até que o destino lhe apresenta Joshua Moore, o marquês de Hallmare, um homem cheio de charme e mistério, dono de uma beleza estonteante e de uma reputação terrível. Quando ambos se encontram a caminho da pacata cidade de Bath, a química entre os dois é imediata. Entre encontros e desencontros, conflitos e provocações, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima. Para uma dupla que acha graça das convenções sociais, esta parece ser a oportunidade perfeita para se divertir. Mas a brincadeira acaba trazendo consequências inesperadas. Aos poucos, suas máscaras vão caindo e ambos se revelam pessoas bem diferentes do que aparentam.


Ligeiramente Escandalosos o terceiro volume da série Os Bedwyns da autora Mary Balogh e lançado pela editora Arqueiro, traz como protagonista a impetuosa Freyja Bedwyn.

No caminho para Bath, enquanto se hospeda em uma estalagem de segunda classe, Freyja, termina se envolvendo em um escandaloso, porém divertido episódio, ao se deparar com um charmoso cavalheiro que se esconde em seu quarto. Mais tarde ela acaba descobrindo que o tal cavalheiro e na verdade Joshua Moore, o marquês de Hallmare, que estar visitando a avó materna em Bath.

No primeiro momento Freyja não vai com a cara de Joshua, já que ele acaba se mostrando um adversário a altura dela, mas após um passeio a cavalo e um beijo roubado, eles iniciam uma relação cordial, que acaba virando um noivado de mentira, já que ele precisa fugir das artimanhas da tia, que deseja que ele se case com sua prima Constance.

Ele era um adversário de peso. Ao menos esse mérito ela precisava dar ao marquês.

A armação entre Joshua e Freyja segue sem problemas, até que Wulf o duque de Bewcastle (irmão de Freyja), aparece inesperadamente em Bath, para mudar o rumo dessa história. Obrigados á passar mais tempo juntos Joshua e Freyja, vão aos poucos conhecendo um ao outro e acabam encontrando algo que eles nem imaginavam estar procurando.   

Sempre gostei da personagem Freyja e tinha algumas expectativas a cerca de sua história, a trama teve boas surpresas e a maior participação dos Bedwyns, foi algo que realmente me agradou. Freyja possui um jeito arrogante e altivo, mas por trás dessa fachada, esconde uma jovem solitária e que tem medo de amar novamente. Joshua é charmoso além de muito bonito e tem um jeito de que leva a vida na esportiva, mas na verdade ele é um rapaz responsável e que tem sua cota de sofrimentos. Freyja guardava uma grande mágoa por conta de um coração partido, porém quando Joshua entra em sua vida tudo vai se modificado, pois um acaba sendo o apoio do outro em momentos decisivos e por mais que eles neguem o que antes era apenas atração, vai virando algo mais profundo e verdadeiro.

Confesso que senti falta de uma conversa entre Freyja e Kit (seu primeiro amor) para que essa fase da vida dela se encerrasse, já que achei um tanto superficial a maneira que a autora escolheu trabalhar a história deles.  Gostei de rever os casais Aidan e Eve, Rannulf e Judith, assim como gostei de saber um pouco mais sobre os irmãos Alleyne e Morgan. Em relação á Wulf fica cada vez mais claro, que é difícil ele expressar seus sentimentos, mas que os seus irmãos são uma parte muito importante da sua vida.

Uma Freyja apaixonada era um pequeno barril de pólvora prestes a explodir. Uma Freyja carinhosa era ainda mais letal.

A trama se divide em três cenários, primeiro somos levados a Bath, onde o casal protagonista se conhece de forma oficial, depois visitamos Lindsey Hall (lar de Freyja) e em seguida Penhallow (lar de Joshua) dessa maneira conhecemos melhor o ambiente onde eles foram criados e a personalidade de cada um.

Com uma trama fluida, momentos tensos e outros divertidos e ingredientes como família, segredos e segundos amores, Ligeiramente Escandalosos dar sequência a série Os Bedwyns de forma satisfatória, aumentado ainda mais a minha curiosidade pelos próximos livros. Recomendo!!!

*LIVRO CEDIDO PELA EDITORA ARQUEIRO PARA RESENHA*

 

1 comentários :

  1. eu gostei da Freyja em livros anteriores, neste eu me encantei pela história dela, ela é a frente de seu tempo, desafiadora, mas com aquele ar de sonhadora!
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e pelo comentário:)