Resenha: Cinqüenta Tons de Cinza – E. L. James

Título Original: Fifty Shades of Grey – Livro # 01
Livro no Skoob • 480 páginas • + 18
Classificação: 3 • Editora: Intrínseca 
Sinopse: Quando Anastásia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.

Anastásia Steele ou simplesmente Ana é uma jovem de vinte um anos que estar prestes a se formar em literatura inglesa, sem imaginar que sua vida mudaria completamente, ela aceita ir no lugar da amiga e colega de apartamento, Kate, que estar doente, entrevistar o jovem empresário Christian Grey. Christian é arrogante, frio e também muito charmoso. Para surpresa de Ana, Christian fica interessado por ela e determinado a conquistá-la , ao mesmo tempo em que tenta alertá-la que ele não é o cara certo para ela. Quando Ana descobre que Christian e adepto de BDSM, ela se mostra assustada e receosa, mas ela também sabe que  talvez não seja capaz de viver sem voltar  a vê-lo novamente, já que a cada dia que passa ela se apaixona mais por ele.

Tão jovem, e atraente, muito atraente. Ele é alto,vestido em um fino terno cinza, camisa branca e gravata preta, com incontroláveis cabelos cor de cobre e intensos, luminosos olhos cinza claro que me observam astutamente. Leva um momento para eu encontrar minha voz.

Sempre tive curiosidade de ler Cinqüenta Tons de Cinza, só que por conta de outros livros sempre fui deixado para ler depois, mas depois que vi o trailer da adaptação eu disse a mim mesma que não poderia adiar mais, além disso eu havia colocado ele como meta de leitura desse ano. Por conta das inúmeras resenhas que li, sendo algumas delas negativas eu optei por ler o livro, sem muitas expectativas, consciente que a trama poderia me agradar ou não, felizmente o livro acabou sendo uma boa surpresa. Ana é uma jovem inexperiente que é apaixonada por literatura inglesa, ela não se acha atraente e acaba não percebendo que com seu jeito simples e natural, acaba chamado a atenção dos homens. Christian Grey é um desses homens. Christian é um homem misterioso que possui um gosto peculiar na hora de fazer sexo, além disso, ele possui alguns demônios do passado que o atormenta. O jeito protetor e dominador de Christian me irritou algumas vezes, porém a maneira franca com ele abriu o jogo com Ana, sobre seus gostos e a suas tentativas de ter um relacionamento “normal”, garantiu que ele ganhasse a minha simpatia. Achei interessante as varias citações sobre o livro Tess of the D'urbervilles, que a autora acrescentou a trama, para alertar a protagonista sobre os perigos de se envolver com Christian. Outro ponto que destaco no livro são os personagens, tanto os amigos e família de Ana, quanto a família de Christian, além do segurança Taylor, deram um show a parte. Enfim Cinqüenta Tons de Cinza tem seus altos e baixos, momentos divertidos (como as trocas de e-mails do casal), cenas de sexo na medida certa e no final cumpre seu papel de entreter. Por isso eu recomendo que leiam e tirem suas próprias conclusões.

De repente , era como se nós estivéssemos sozinhos no quarto. Apenas nós dois, meu corpo inteiro ficou vivo, cada terminação nervosa estava suavemente cantando, aquela  eletricidade me puxando para ele, carregando entre nós.

Cinqüenta Tons de Cinza # 01
Cinqüenta Tons Mais Escuros # 02
Cinqüenta Tons de Liberdade # 03

18 comentários :

  1. Oi Marla
    Eu tenho uma certa resistência com esse livro. Os comentários negativos são maioria e apesar da curiosidade acabei desistindo dele. Com o lançamento do trailer eu fiquei novamente muito curiosa, mas as pessoas falam muito mal da escrita da autora e como ela costuma se repetitiva. Não sei se tenho paciência pra isso.
    Acho que por enquanto ele vai continuar na geladeira.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  2. Assim como você depois de assistir o trailer eu fiquei na vontade de ler o livro, então como na primeira vez eu meio que não consegui terminar a leitura eu acabei pegando o Tess para ler :) Me dou melhor com clássicos (mas que fique claro que jamais menosprezo a literatura atual), Cinquenta Tons de Cinza pode me esperar que em breve irei lê-lo hahaha

    Beijos
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Marla.
    Esse livro foi meu primeiro contato com o gênero hot, e vou te contar, ele me fez ter certa repulsa pelo gênero, que hoje em dia não leio.
    Eu não dei continuidade a série, achei a narrativa arrastada demais, com informações em excesso, fiquei com a impressão que a autora queria aumentar páginas.
    Não gostei da caracterização dos personagens, essa Ana então com aquele lance de morde o lábio que não tinha fim, e sua divagação com sua deusa interior me tiraram do sério.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  4. oie Marla
    eu me amarro nessa trilogia. Os e-mails com assuntos engraçadinhos eram o ponto alto pra mim!!
    E as cenas de sexo...uhlalá rs
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  5. Oi
    Espero conseguir lançar a minha resenha antes do filme rsrs, pois comecei a ler o livro e parei, mas não vou abandonar, vou retornar a leitura em breve :D
    Parabéns pela resenha, ficou bem legal
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela resenha Marla! Já li a trilogia Cinquenta Tons e confesso que não gostei. Achei a história muito mal escrita e o Grey bem tosco. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  7. Ai, eu não consegui passar da página 100 desse livro auhauhauh. Ri em tudo.
    Tem que goste né?
    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Marla,

    É verdade que essa série virou um imenso sucesso e virou até filme, mas pra mim isso não é literatura, mas muitos gostam e temos que respeitar...parabéns pela resenha...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Nessa exato momento me lembrei que estou enrolando a quase um ano para ler o último livro dessa trilogia... Quando li o primeiro me envolvi bastante com a estória, concordo com você com relação aos pontos altos e baixos, levei um ano para ler o segundo e novamente me envolvi bastante com a estória, agora quase um ano depois ainda não li o terceiro o que é bem estranho por que a leitura flui muito bem.. Ainda não entendi porque demoro tanto de um livro para o outro :p

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Acho que sou um dos poucos que não li Cinquenta tons... e confesso que nem sei se tenho vontade. Mas gostei da sua resenha, me fez reavaliar algumas coisas.

    Abraço
    http://garotodelinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Marla, tudo bem?

    Não consigo gostar dessa trilogia. Não tenho paciência para homens como o Gray, muito menos para menininhas no estilo da Ana. Sou meio chata com livros eróticos, acho que muitas cenas de sexo são desnecessárias e quase sempre a mulher é vista como um objeto. Coisa que vi muito em 50 tons.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  12. oiii! Nossa, eu odiei o livro. Do começo ao fim, os três. (li por uma aposta, mais ou menos isso. ). Mas esse é o tipo de livro q ou vc ama, ou odeia. E eu faço parte da turma dos q não aprovam. Mas leitura é leitura e cada um tem seu gosto. :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Marla! Ainda não li, foram tantos livros do gênero que saíram juntos que cansei um pouco e resolvi dar um tempo, mas como você, a chegada do filme me deixou com vontade de finalmente conferir a trama, espero gostar.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  14. Oi Marlaaa!
    está na minha lista de livros que lerei até o final do ano. E estou cada vez mais curiosa... pelos mesmos motivos que você! :)
    Espero tomar vergonha na cara logo! acho que no final das contas irei gostar.. mas tenho que ler logo para saber... você me deixou com vontade de pular ele na lista de livros a serem livros e conferir de uma vez!

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
  15. Oi Marla,
    Eu comecei a leitura desse livro [e coloquei ele na minha meta], depois de assistir o trailer também.
    Só que a narrativa me enjoou um pouco e a autora é bem repetitiva, daí deixei de lado, mas pretendo finalizar sim.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  16. Oie,
    falou tudo, tem seus altos e baixos.
    Confesso que este primeiro livro é o mais chatinho da série.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi, Marla, tudo bem?
    Eu li esse livro há bastante tempo e, na época, gostei bastante.
    Hoje, comparando-o com outros livros do mesmo tema que foram lançados depois, percebo que ele poderia ter sido melhor e tal., mas isso não faz com que eu fique menos ansiosa com o filme! *-*
    Beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Marla!
    Eu também quero ler esse livro faz tempo mas acabo sempre deixando pra depois. Mas vou ver se consigo ler antes do filme!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e pelo comentário:)