Resenha: Mais Perto do Céu - Rebecca Winters

Título Original: Their New-Found Family
Skoob • Classificação: 3/5
218 páginas• Editora: Harlequin Books

Sinopse: Havia uma segunda chance para se amarem outra vez… como marido e mulher. Rachel Marsden sempre buscou dar o melhor para sua filha desde que se tornara mãe solteira. Quando Tris Monbrisson, o pai da menina, reapareceu após muitos anos, ela teve de engolir o orgulho. Passariam as férias de verão na Suíça, na bela casa de Tris nas montanhas, apesar de sua fúria. Afinal, ele perdera doze anos de convívio com a própria filha. Mas quando as preocupações com o bem estar da menina aumentaram, Rachel e Tris tiveram de assumir os papéis de pai e mãe, ao mesmo tempo em que segredos do passado foram revelados, tornando os laços entre ambos cada vez mais fortes…


Talvez essa Rachel fosse a mulher certa, e é por isso que você nunca conseguiu amar ninguém mais, apesar de não se lembrar dela.

Há doze anos Tris sofreu um grave acidente e após passar um tempo em coma, seis semanas de sua vida foram apagadas de sua memória. Até um antigo bilhete revelar um amor esquecido e uma filha que jamais conheceu.

Rachel passou doze anos de sua vida acreditando ter sido abandonada por Tris, até a que verdade surge, trazendo ele de volta para sua vida. Ela então percebe que jamais deixou de amá-lo e Tris percebe que perdeu muito mais que apenas seis semanas de sua vida e ele fará de tudo para recuperar, muito mais que suas lembranças.

Mais Perto do Céu, de Rebecca Winters traz a cativante história de Tris e Rachel, um casal separado por uma fatalidade do destino. Tris não tem lembranças de Rachel, mas nunca se sentiu completo e ela apesar da mágoa por acreditar ter sido abandonada, criou com todo amor a filha fruto de seu amor.

Yves-Gérard Tristan de Monbrisson ou simplesmente Tris Monbrisson é um empresário suíço que após um acidente jogando hóquei no gelo, entrou em coma e quando acordou, seis semanas de sua vida haviam sido apagadas de sua memória. Sem lembranças daqueles dias, Tris não tem ideia que abandonou a mulher de sua vida e que tem uma filha que jamais conheceu.

Rachel Marsden é uma mãe solteira, que há doze anos conheceu o amor de sua vida, mas acabou sendo “abandonada” sem maiores explicações. Rachel conheceu Tris em uma viagem de navio, quando ambos tinham 18 e 19 anos, eles se apaixonaram e fizeram planos que nunca chegaram a se concretizar. Com o coração despedaçado Rachel criou sozinha, Natalie, a filha que teve com Tris.

Não contar para ele que seria pai, depois que ela voltou para casa e foi ao médico, foi o pior erro que cometera em toda sua vida.

Quando ambos descobrem a verdade e se reencontram, tudo se transforma Tris apesar de não recordar o que viveu com Rachel, sente uma conexão com ela que não pode evitar ou explicar e Rachel percebe que o amor que um dia sentiu por Tris, ainda existe e bate ainda mais forte em seu peito.

A trama ainda conta com as participações de Natalie, Alain (sobrinho de Tris), os pais de Tris e a mãe de Rachel. Personagens que ajudam não apenas a dar o tom a trama, mas também nos ajudam a conhecer melhor Tris e Rachel. Mais Perto do Céu é um romance de fácil leitura, por conta de sua cativante história. Aqui não temos intrigas, o casal não foi separado por uma armação ou por falta de amor, mas sim por uma fatalidade do destino e quando descobrem a verdade, tentam fazer o melhor, não só para a filha, mas também para ambos.  

Uma história sobre família, sobre a magia do primeiro amor e sobre reencontros. Mais Perto do Céu nos mostra que nem mesmo uma amnésia pode apagar o amor verdadeiro e que nunca e tarde para recomeçar. Recomendo!!!  

7 comentários :

  1. Oi Marla! Eu adoro histórias que abordam perda de memoria, os reencontros sempre garantem muita emoção.Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Oie,

    Parece ser um livro emocionante, aqueles romances marcantes.
    Gostei da história. Dica anotada com certeza!
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  3. Oi, Marla!
    Histórias assim sempre me conquistam. O que um desentendimento não causa, né verdade?
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da sua resenha, achei bem interessante e fiquei com vontade de fazer a leitura :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Marla

    Não conhecia o livro, mas fiquei com muita vontade de ler. Quero saber como foi esse reencontro deles! *--*

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Marla, tudo bem? Eu já fiquei fascinada pela capa! E depois de ler sua resenha já acho que vou gostar, parece uma história bem bonita!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oi Marla,
    Não conhecia esse romance e ainda não li essa autora.
    E fiquei super curiosa, principalmente esse lance da amnésia...nossa, deve ser bem bonito os momentos dela com a filha.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e pelo comentário:)