Resenha: A Escolha – Nicholas Sparks

Título Original: The Choice
Skoob • Classificação: 4/5
192 páginas • Editora: Arqueiro

Sinopse: A escolha levanta uma das questões mais difíceis da vida: até onde você iria em nome de um amor verdadeiro? Para Travis Parker, felicidade é estar com a irmã e os amigos, viajar, andar de moto e praticar esportes radicais. Ele nunca teve um relacionamento amoroso sério, mas não sente falta disso. Para ele, sua vida já está completa. Pelo menos até conhecer Gabby Holland, a bela médica que acaba de se mudar para a casa ao lado em busca de felicidade e independência. Mas conquistá-la não será tão simples. A jovem tem namorado e fica muito confusa com os sentimentos que o vizinho lhe desperta. E, depois de um fim de semana em especial, ela terá que tomar uma decisão. Mostrando que sentimentos imprevisíveis levam a caminhos surpreendentes, Nicholas Sparks mais uma vez constrói personagens sensíveis e cenas emocionantes que trazem tanto sorrisos como lágrimas num espaço de poucas páginas.

Em A Escolha de Nicholas Sparks, lançado pela Editora Arqueiro, vamos conhecer o casal Travis Parker e Gabby Holland, que após um final de semana descobrem que foram feitos um para o outro.

Travis é um simpático veterinário que curte viver a vida ao lado dos amigos e da irmã Stephanie. Já Gabby é uma médica assistente que vive um relacionamento estável e um pouco monótono com Kevin. Apesar de vizinhos o primeiro contato entre Travis e Gabby só acontece, quando surge um mal entendido envolvendo Moby (cão de Travis) e Molly (cadela de Gabby). Mas tudo acaba se resolvendo, e quando a cadela ganha filhotes e Travis que ajuda Gabby a cuidar de Molly.

Gabby enxerga Travis como um solteirão convicto, mas não resiste quando ele a convida para um passeio de barco na companhia de seus amigos e de Stephanie. Durante o passeio a jovem médica conhece o verdadeiro Travis e acaba revendo sua própria vida.

Confusa sobre o que sente por Travis, e sobre seu relacionamento com Kevin, Gabby precisa fazer uma escolha. Travis nunca teve relacionamentos duradouros, mas ele sabe que o que sente por Gabby é real e verdadeiro e apesar de não desejar ele também vai precisar fazer uma escolha.

A Escolha de Nicholas Sparks tem uma trama dividida em duas partes. A primeira parte se passa em 1996, é quando Travis e Gabby se conhecem, já a segunda parte se passa em 2007 Gabby fez a sua escolha e Travis também precisa fazer a dele. Confesso que gostei mais da primeira parte, a segunda não é ruim, porém temos mais sofrimento.

Travis gosta de viver a vida intensamente e apesar de muitos o considerarem um solteirão, ele sonha em construir um lar e ter um relacionamento duradouro como dos seus pais. Gabby sempre fez suas escolhas levando em consideração o que os outros queriam, começando por sua profissão até sua mudança para Beaufort. Mas quando ela conhece Travis, ele lhe mostra um mundo diferente do seu aonde ela pode viver o que desejar, mas deixar o certo (Kevin) pelo desconhecido (Travis) e um risco que Gabby precisa escolher correr.

A trama ainda conta com as participações de Stephanie (irmã de Travis), Laird e Allison, Joe e Megan, Matt e Liz (amigos de Travis) e Max (o pai de Travis).

Com personagens humanos e situações reais que nos emocionam e que nos fazem torcer por um desfecho feliz, A Escolha possui uma boa trama e apesar de algumas ressalvas, ele conseguiu me conquistar. Recomendo!!

- Este lugar, com você ao meu lado, é onde eu sempre quis estar.

5 comentários :

  1. Parabéns pela resenha Marla! Já li A Escolha e curti bastante, mesmo não achando ser um dos melhores livros do Nicholas Sparks. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Marla, tudo bem? Eu não leio Sparks porque sempre aguento a parte dramática, mas achei a trama excelente!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi Marla, tudo bem?
    Eu tenho receio de ler Nicholas Sparks e me desidratar chorando. Tudo que já vi dele é mega dramático. Esse livro tem final feliz? rs Fiquei curiosa.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  4. Oi, Marla

    Não sou muito adepta aos livros do Nicholas, prefiro os filmes, confesso. Aliás, a adaptação desse livro está lá na lista na Netflix, mas até hoje não parei pra ver.

    Beijo
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Marla,

    Eu tenho esse exemplar em casa, mas ainda não peguei para ler.
    Gosto das histórias do autor então acho que vou gostar dessa pela sua resenha.

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e pelo comentário:)